Ganglion an Handgelenk 2

O que é o cisto sinovial?

Tumoração mais comum da mão e punho, o cisto sinovial é uma lesão cística benigna que não apresenta nenhum risco de malignização, isto é, não tem nenhuma chance de ser ou tornar-se um câncer. É mais comum em mulheres e a maioria aparece entre 10 e 30 anos de idade. Em torno de 10% dos casos está associado a um evento traumático no local, ou a traumas repetidos.

cisto dorsal

Locais mais comuns:

60 a 70% ocorrem no dorso do punho, sendo o local mais comum de aparecimento.

Segundo local mais comum (20% dos casos) é na região volar, próximos a artéria radial

a_modifications_photos.048_2

É necessário realizar algum exame?

O diagnóstico pode ser dado durante a consulta, mas é adequado realizar um exame de imagem para confirmar o diagnóstico e excluir outras causas mais raras de tumoração neste local. A ultrassonografia é o exame ideal para isso, pois é de fácil realização e baixo custo. Outra opção é a ressonância magnética, entretanto é mais demorada e cara ao sistema de saúde.

blog-tudo-sobre-ultrassom

Quais as opções de tratamento?

Existem algumas formas de tratar o cisto sinovial. A mais simples e segura é o acompanhamento do paciente e esclarecimento da natureza benigna da lesão. Não é necessária nenhuma intervenção caso o cisto não cause desconforto ou incômodo persistente. Além disso, o cisto tem a característica de apresentar tamanho variável, portanto pode aumentar ou diminuir de tamanho ao longo do tempo. Isto ocorre pois seu conteúdo líquido pode aumentar ou diminuir devido a comunicação que existe com a articulação.

Um fato histórico interessante é que existem relatos folclóricos de tratamento no passado batendo com uma Bíblia no local do cisto para que ocorresse sua ruptura e reabsorção. Claro que não se realiza tratamentos deste tipo atualmente,  fiquem tranquilos.

Uma forma de tratamento para cistos que causam desconforto é a aspiração com agulha e infiltração de corticoide no local. Entretanto essa modalidade de tratamento tem uma eficácia de apenas 20 a 30%. Isto ocorre pois o cisto acaba retornando, caso não seja removido por completo. Portanto, a modalidade mais eficaz de tratar o cisto quando sintomático é a cirurgia.

Quando realizada de maneira correta, a cirurgia tem uma taxa de recorrência baixa (menos de 10%). Para isso deve ser retirado o cisto na sua totalidade, indo ate os planos mais profundos do punho, próximo a articulação. Uma complicação que pode ocorrer após a cirurgia é a rigidez do punho, portanto mobilização precoce e fisioterapia são essenciais.

Sendo assim, quem decide se irá realizar  a cirurgia é o paciente! Você deve pesar os riscos e benefícios do procedimento e avaliar a magnitude dos sintomas de dor e desconforto que o cisto estejam lhe causando e decidir se gostaria de realizar a cirurgia ou não. Lembrando sempre de procurar um especialista em cirurgia da mão, que é o profissional capacitado para realizar esta cirurgia da forma mais segura possível.

Quer saber mais sobre a cirurgia?

Clique ao lado e saiba todos os detalhes desse procedimento

error: Conteúdo protegido, caso queira compartilhar algo entre em contato.